A Renovação da Minha Cômoda

Demorei pra finalizar este post porque pretendia comprar puxadores novos para a minha cômoda, porém acabei reutilizando os puxadores antigos mesmo. Eu levei cerca de um mês para renovar minha cômoda, porque fiz sozinha e aos poucos. Se você tiver ajuda pode conseguir terminar em um final de semana. O processo mais demorado é o lixamento, é importante lixar bem para que a tinta consiga aderir melhor á madeira. Eu escolhi o fundo para pintura e a tinta a base de água, porque polui menos o meio ambiente. A cor da tinta é a Martim-Pescador, da Suvinil.

IMG_6094

Você vai precisar de:

  • Algum móvel de madeira que você deseja renovar
  • Lixadeira e lixas para madeira
  • Pincel
  • Tinta (esmalte sintético a base de água)
  • Base para tinta (a base de água)
  • Massa corrida e espátula
  • Cera

colagem1

1: O primeiro passo é lixar, lixar e lixar. Você precisa lixar até sair todo o brilho do verniz e a madeira ficar com um aspecto “poroso”. Primeiro, eu utilizei uma lixa mais grossa e, depois, uma mais fina para dar um acabamento mais suave.

cosmos1

2: Utilizei a massa corrida e uma espátula para preencher estes dois espaços onde um suporte ficava encaixado. A massa corrida serve também para preencher imperfeições na madeira.

33

3: Limpei bem a madeira com um pano úmido para retirar todo o pó acumulado do lixamento. Segui as indicações de preparo da base para tinta Suvinil, é importante misturar bem a base antes de começar a passar na madeira. Passei duas demãos, respeitando o tempo de secagem da base, cerca de quatro horas.

4-5

4: Preparei a tinta seguindo as indicações de preparo e misturando bem.

5: Precisei passar três demãos de tinta para que a pintura ficasse bem uniforme e com a cor exata da tinta.

666666

6: Finalizei passando cera por cima de toda a superfície pintada.

IMG_6100comow

Cadeiras para o Home Office

Desde que resolvi reformar meu Home Office, comecei a notar o design de cadeiras, logo percebi que tinha dois tipos preferidos: o modelo Charles Eames e o modelo Louis Ghost. São dois modelos muito queridos pelos designers de interiores, vou falar um pouco deles e mostrar como ficou minha nova cadeira do Home Office.

Louis Ghost

Foi criada em 2002, pelo designer Phillipe Starck e é feita de policarbonato. É inspirada no design das cadeiras barrocas de Louis XV. Segundo a Kartell, é a cadeira assinada mais vendida do mundo. Há versões com ou sem os braços e em diferentes cores.

333E0708Via Rue Mag

louisVia The Decorista

louis2Via Designspiration

33cef0a06453Via Decorpad

Charles Eames

Este design foi criado pelo casal Charles e Ray Eames, entre 1940 e 1950. É comercializada pela Herman Miller. Os modelos mais populares são a DAW (com braços e pés de madeira), DSW (sem braços e pés de madeira), DAR (com braços e pés de metal) e DSR (sem braços e pés de metal).

september printable calendar 1Via Nalle’s House

d0689347c0710fce6c2a661c86529effVia Pinterest

bdf8fd8c8a8c17b1bf05957af6d69e94Via Pinterest

036046348401eb64fc3235b888951bd3Via Stephanie Creekmur

Eu já testei os dois modelos e ambos são muito confortáveis mesmo! A Louis Ghost é um pouco maior que a Charles Eames, fiquei com a impressão de que ocuparia muito espaço no meu quarto e acabei optando por uma Eames modelo DAW preta (<3). Mas desde que comprei não fez mais sol, por enquanto não consegui fotografá-la pra mostrar como ficou no meu quarto. Mas fiquem por perto, em breve trarei mais fotos do meu Home Office. Muito amor essa cadeira, gente, acho que encontrei minha alma gêmea. Haha *-*